Políticas públicas de cultura e turismo, e sua influência na profissionalização de grupos tradicionais. O caso dos Maracatu de Pernambuco, Brasil

Autores/as

  • Carla Borba UFPE
  • Margarita Barretto

DOI:

https://doi.org/10.25145/j.pasos.2015.13.026

Palabras clave:

turismo cultural, políticas públicas, Brasil

Resumen

O presente artigo apresenta os resultados de uma pesquisa que teve como objetivo analisar as políticas públicas de cultura e turismo em relação aos produtores de cultura, buscando entender os efeitos das primeiras nos grupos tradicionais, focando no caso dos maracatus de Pernambuco. Tratou-se de uma pesquisa etnográfica e documental, com entrevistas aos líderes dos maracatus, agentes culturais e agentes turísticos, assim como análise dos documentos referentes às políticas públicas do estado. Foi possível constatar o direcionamento das políticas públicas para a valorização dos maracatus como produtos culturais e o rebatimento desta ação na revalorização dos maracatus como elementos da cultura local, assim como no empoderamento dos líderes, permitindo sua participação ativa e criadora dentro dos mecanimos do mercado, com a consequente valorização econômica. A pesquisa limita-se aos grupos pernambucanos poranto os resultados não podem ser generalizados; no entanto acenam com a possibilidade de que este processo possa ser encontrado em referência a outros grupos tradicionais no Brasil, onde este tipo de estudo não tem antecedentes.

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.

Biografía del autor/a

Carla Borba, UFPE

Doctora en Antropologia por la UFPE. Pofesora de turismo. Centro de Ciencias Sociales Aplicadas UFPE

Citas

Barretto, Margarita 2007 Cultura e turismo: Discussões contemporâneas. Campinas, SP: Papirus.

Boissevain, Jeremy 1996 Coping with tourists. European Reactions to Mass Tourism. EUA: Berghahn Books.

Borba, Carla 2010 Nós somos o mundo: Políticas culturais e turismo em tempos globalizados. Tese. Universidade Federal de Pernambuco. Programa de Pós Graduação em Antropologia.

Cecconi, Sofía, 2009 Tango y turismo. Un acercamiento al territorio de las casas de tango. VIII Reunion de Antropología del Mercosur. Ponencia. Buenos Aires, 29 de septiembre al 2 de octubre.

Craik, Jennifer 1997 “The culture of tourism”. In: Rojek, C.; Urry, J. Touring cultures: transformations of travel and theory. Routledge, EUA.

Cravidão, F. M. S. D. D. 2004 Turismo e cultura: o lugar dos lugares. Turismo: Visão e Ação, v. 6, nº 3, set-dez. Itajaí: Editora Univali, 307-316.

Grünewald, Rodrigo. 2002 “Tourism and Cultural Revival”. Annals of Tourism Research, nº 4, v. 29, 1004-1021.

Guerra-Peixe, César 1980 Maracatus do Recife. 2ª. ed. Prefeitura da Cidade do Recife/Irmãos Vitale.

Lagunas, David 2007 Antropología y turismo: claves culturales y disciplinares. México: Plaza y Valdés S.A.

McKean, Philip F. 1989 “Towards a Theoretical Analysis of Tourism:Economic Dualism and Cultural Involution in Bali.” In: Smith, Valene Hosts and Guests. The anthropology of tourism. Philadelphia:University of Pennsylvania Press.

MTUR_Ministério do Turismo 2005 Segmentação do turismo. Marcos Conceituais. Brasília

Ryan, C. 2002 “Tourism and Cultural Proximity: Examples from New Zealand”. Annals of Tourism Research (29), 952-971.

Santana, Agustín 2009 Antropologia do turismo. Analogias, encontros e relações. São Paulo: Aleph.

Santana, Agusrtín 1998 Patrimonio cultural y turismo: reflexiones y dudas de un anfitrión” Revista Ciencia y Mar, 6, 37-41.

Smith, Valene 1989 Hosts and guests: the anthropology of tourism. 2 ed. USA: University of Pennsylvania Press.

Tolila, Paul 2007 Cultura e economia: problemas, hipóteses, pistas. São Paulo: Iluminuras/Itaú Cultural.

Vicente, Ana Valéria. 2005 Maracatu rural – o espetáculo como espaço social: um estudo sobre a valorização do popular através da imprensa e da mídia. Recife: Ed. Associação Reviva.

Vicente, Tâmisa. 2008 Vamos Cirandar. Políticas públicas de turismo e cultura popular: Festivais de Ciranda em Pernambuco 1960-1980. Dissertação de Mestrado. Universidade de Caxias do Sul. Programa de Pós-Graduação em Turismo.

Omin, Suiá 2011 Carnaval em terras de caboclo. Uma etnografia sobre Maractus de Baque Solto. Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Disponível em http://www.ppgsa.ifcs.ufrj.br/pesquisa-alunos/ suia-omim/

ª Conferencia Nacional de Cultura. Disponível em: http://blogs.cultura.gov.br/cnc. Acesso em: 10 março 2008.

Instituto de Tecnologia e Gestão. Pernambuco competitivo: saber olhar, saber fazer. Recife, INTG, 2009.

Pernambuco Nação Cultural – 2008.

Plano Estratégico de Turismo de Pernambuco – Pernambuco para o mundo - http://www2.setur.pe.gov.br/web/setur Acesso: 01/02/2009.

Plano Nacional de Cultura – http://www.cultura.gov.br/site/categoria/politicas/plano-nacional-de-cultura/Acesso em: 10/03/2009.

Plano Nacional de Turismo – uma viagem de inclusão social. http://www.turismo.gov.br/turismo/o_ministerio/plano_nacional/

Política Cultural – FUNDARPE -http://www.fundarpe.pe.gov.br/politicacultural.php Acesso em: 01/02/2009.

Secretaria de Turismo de Pernambuco. Relatório de Atividades 2008.

UNESCO. Convenção sobre a proteção e promoção da diversidade das expressões culturais. Disponível em: http://unesdoc.unesco.org/images/0015/001502/150224POR.pdf. Acesso em: fev. 2008.

Publicado

2015-01-15

Cómo citar

Borba, C., & Barretto, M. (2015). Políticas públicas de cultura e turismo, e sua influência na profissionalização de grupos tradicionais. O caso dos Maracatu de Pernambuco, Brasil. PASOS Revista De Turismo Y Patrimonio Cultural, 13(2), 359-373. https://doi.org/10.25145/j.pasos.2015.13.026

Artículos más leídos del mismo autor/a

Artículos similares

1 2 3 4 5 6 7 8 9 > >> 

También puede {advancedSearchLink} para este artículo.