Fatores estruturais e organizacionais dos resorts que podem influenciar a RSE

  • Claudio Alexandre de Souza
  • Jose Manoel Gonçalves Gandara
  • Xavier Font
Palabras clave: Fatores, Resorts, Responsabilidade Social Empresarial.

Resumen

Este estudo visa buscar compreender quais fatores estruturais e organizacionais relativas aos resorts influenciam as ações de Responsabilidade Social Empresarial – RSE. Este estudo e resultado de pesquisa bibliográfica, seguida de pesquisa de campo resultado de um estudo multicaso em resorts do Brasil. Os resultados apresentam que as variáveis observadas, tamanho do resorts em Unidades Habitacionais – UH, Formas de Gestão, Área total, Área de Reserva e Uso Anterior do Terro, Existência de Setor e Politica de RSE influenciam de forma singular as ações de RSE em um meio de hospedagem do tipo resorts. Há entretanto necessidade de se realizar estudos mais amplos, visto que este e um estudo multicaso, e o resultado não se propõem a ser generalizado.

 

Citas

ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas. 2006 ABNT NBR 15401. Meios de hospedagem – Sistemas da gestão da sustentabilidade - Requisitos. Rio de Janeiro, 22p.

ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas. 2004 ABNT NBR 16001. Responsabilidade social – Sistemas da gestão - Requisitos. Rio de Janeiro, 11p.

ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas. 2012 ABNT NBR 16001. Responsabilidade social – Sistemas da gestão - Requisitos. Rio de Janeiro, 48p.

ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas. 2010 ABNT NBR ISO 26000. Diretrizes sobre responsabilidade social. Rio de Janeiro, 110p.

Adams, C. & Zutshi, A. 2004 Corporates social responsibility: why business should act responsibly and be accountable. In: Australian Accounting Review, 14(3) 31-39.

Aguilera, R.V.; Rupp, D.E.; Williams, C.A. & Ganapathi, J. 2007 Putting the s back in corporate social responsibility: a multilevel theory of social change in organizations. In.: Academy of Management Review, 32(3) 836-863.

Andrade, A.L. 2011 Resorts e hotéis de lazer no Brasil. São Paulo: Panrotas.

Associação Brasileira de Resorts. 2012 Disponível em: <http://www.resortsbrasil.com.br/resorts_brasil.aspx>. Acessado em: 04/03/2012.

Baptista, A.S.C. 2006 Análise da viabilidade econômica da utilização de aquecedores solares de água em resorts no nordeste do Brasil. Rio de Janeiro. Dissertação (Mestrado em Ciência em Planejamento Energético) Programas de Pós-Graduação de Engenharia da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Bentes. D. & Veloso, M. 2013 Do grande hotel aos palaces & resorts: os empreendimentos hoteleiros na transformação da estrutura e da paisagem urbanas de Natal/RN (1940-2000). In.: [S.I.], [S.I.]([S.I.]) 1-10.

Brey, E.T. 2011 A taxonomy for resorts. In: Cornell Hospitality Quarterly, 53(3) 283-290.

Bryman, A. 2007 Barriers to integrating quantitative and qualitative Research. In.: Journal of Mixed Methods Research, 1(1) 8-22.

Campbell, J.L. 2007 Why would corporations behave in socially responsible ways? An institutional theory of corporate social responsibility. In: Academy of Management Review, 32(3) 946-967.

Capriotti, P. & Moreno, A. 2007 Corporate citizenship and public relations: the importance and interactivity of social responsibility issues on corporate websites. In: Public Relations Review, 33([S.I.]) 84-91.

Carioni, J.C.; Lopes, G.B.B. & Peres, L.F.B. 2012 Legislação Ambiental Brasileira e o Caso do Resort Il Campanário Villagio Resort. In.: Revista de Arquitetura e Urbanismo do ProArq 19. 1(19) 234-249.

Carroll, A.B. & Shabana, K.M. 2010 The business case for corporate social responsibility: a review of concepts, research and practice. In: International Journal of Management Reviews, [S.I.]([S.I.]) 85-1-5.

Chon, K.S. & Sparrowe, R.T. 2003 Hospitalidade: conceitos e aplicações. São Paulo: Pioneira Thomson Learning.

Conejero, M.A. & Neves, M.F. 2007 Gestão de créditos de carbono: um estudo multicasos. In.: R.Adm. 42(2) 113-127.

Coriolano, L.N.M.T. & Almeida, H.M. 2007 O turismo no nordeste brasileiro: dos resorts aos núcleos de economia solidária. In.: Colóquio Internacional de Geocrítica: los problemas del mundo actual, soluciones y alternativas desde la geografía y las ciencias sociales, IX., 2007, Porto Alegre, Anais…Brasil: Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Crespo, A.A. 1996 Estatística fácil. (14.ª ed). São Paulo: Saraiva.

Dencker, A.F.M. & Da Via, S.C. 2002 Pesquisa empírica em ciências humanas (com ênfase em comunicação). (2ªed). São Paulo: Futura.

Desselle, S.P. 2005 Construction, implementation, and analysis of summated rating attitude scales. In.: American Journal of Pharmaceutical Education, 69(5) 1-11.

Duarte, V.V. 1996 Administração de sistemas hoteleiros: conceitos básicos. São Paulo: SENAC.

Ferrai, N. & Tarumoto, H. 2012 Aplicação de técnicas de análise estatística quantitativa e qualitativa a dados de pesquisa de mercado.

Freeman, R.E. 1994 The politics of stakeholder theory: some future directions. In.: Business Ethics Quarterly, 4(4)409-421.

Freeman, R.E. & Mcvea, J. 2001 A stakeholder approach to strategic management.In.: Hitt, M.; Freeman, E. & Harrison, J. (Orgs.). Handbook of strategic management, Oxford: Blackwell Publishing [S.I.].

Garriga, E. & Mele, D. 2004 Corporate social responsibility theories: mapping the territory. In: Journal of Business Ethics, 53([S.I.])51-71.

Gruber, N.L.S. & Branco F.C.C. 2010 Gestão integrada do lago Guaíba: modelos de gestão para orla e recursos hídricos do lago – análise crítica e propostas. In.: Gravel, 8(8), 45-61.

Jamali, D.; Safieddine, A.M. & Rabbath, M. 2008 Corporate governance and corporate social responsibility synergies and interrelationships. In: Corporate Governance, 16(5) 443-459.

Lundgren, T. 2011 A microeconomic model of corporate social responsibility. In: Metroeconomica, 62(1) 69-95.

Marrewijk, M. 2003 Concepts and definitions of csr and corporate sustainability: between agency and communion. In: Journal of Business Ethics, 44([S.I.]) 95-105.

Mcwilliams, A.; Siegel, D.S. & Wright, P.M. 2006 Corporate social responsibility: strategic implications. In: Journal of Management Studies, 43(1) 1-18.

Meliani, P.F. 2011 Crítica à estética da mercadoria no turismo: dilemas da precarização do trabalho na produção do espaço de Itacaré, litoral sul da Bahia. Pernambuco, Tese (Doutorado em Geografia). Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal de Pernambuco.

Melo, T.; Moura-Leite, R.C. & Padgett, R.C. 2012 Conceito de responsabilidade social corporativa dos hotéis de luxo de Natal/RN, Brasil. Caderno Virtual de Turismo. Rio de Janeiro, 12(2)152-166.

O’Leary, Z. (2010) The essential guide to doing your research project. London: SAGE.

Oliveira, G.G. & Meireles A.J.A. 2010 Dinâmica geoambiental a partir da “litoralização” de Aquiraz, Ceará, Brasil. In.: Revista Eletrônica do Prodema, 5(2) 50-68.

Pinto, M.R. & Maranhão, C.M. 2012 Responsabilidade social empresarial: reflexões à luz dos estudos críticos em administração. In.: GESTÃO.Org, 10(3), 705-724.

Porter, M.E. & Kramer, M.R. 2006 Strategy and society: the link between competitive advantage and corporate social responsibility. In: Harvard Business Review, [S.I.]([S.I.]) 78-101.

Portney, P.R. 2008 The (not so) new corporate social responsibility: an empirical perspective. In: Review of Environmental Economics and Policy, 2(2), 261-275.

Richard, S. & Bacon, P., [S.I.] Resorts: a foco on value. Madrid: HVS, 2011. Part I of II.

Rosa, S.E.S. & Tavares, M.M. 2002 A recente expansão dos resorts no Brasil. In: BNDES Setorial, Rio de Janeiro, 16, 85-104.

Sampaio, C.F. 2009 O turismo e a territorialização dos resorts: a praia do Porto das Dunas como enclave em Aquiraz- -CE. Ceará. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Geografia) Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa - PROPGPq da Universidade Estadual do Ceará.

Santi, L.U. 2004 Informação na gestão hoteleira como vantagem competitiva. Campinas. Dissertação (Mestrado): Programa de Mestrado em Ciência da Informação da Pontifícia Universidade Católica de Campinas.

Santos, C. & Gehlen, V. 2010 Desenvolvimento econômico e conversão do uso da terra no município de Cabo de Santo Agostinho, Pernambuco – Brasil. In.: Congresso luso brasileiro: para o planeamento urbano, regional, integrado e sustentável (PLURIS2010), IV., 2010, Faro, Anais...Portugal: Universidade do Algarve.

Souza, C.A.; Bahl, M. 2013 O poder nas relações dos resorts e o estado: caso de resorts com ações no MPE (Brasil). In.: Pasos Revista de Turismo y Patrimonio Cultural. 11(4), 547-558.

Sternberg E. 2009 Corporate social responsibility and corporate governance. In: Economic Affairs, [S.I.] ([S.I.]), 5-10.

Triola, M.F. 2008 Introdução à estatística. 10.ed. Rio de Janeiro: LTC.

Yin, R.K. 2010 Estudo de caso: planejamento e métodos. (4.ª ed). Porto Alegre: Bookman.

Publicado
2018-01-19
Cómo citar
de Souza, C., Gonçalves Gandara, J., & Font, X. (2018). Fatores estruturais e organizacionais dos resorts que podem influenciar a RSE. PASOS Revista De Turismo Y Patrimonio Cultural, 16(1), 147-160. https://doi.org/10.25145/j.pasos.2018.16.010
Sección
Artículos