Redes de Cooperación en Turismo: Un estudio en las pequeñas empresas hoteleras en Curitiba, Paraná

Autores/as

  • Rivanda Meira Teixeira

DOI:

https://doi.org/10.25145/j.pasos.2012.10.045

Palabras clave:

Redes, Cooperación, Turismo, Hostelería, Pequeñas empresas

Resumen

Los objetivos de este estudio son identificar la cooperación existente entre las pequeñas empresas hoteleras y las instituciones y asociaciones dedicadas al turismo. Se utilizó el criterio muestral por accesibilidad o adhesión, y se realizaron 43 entrevistas con propietarios y gerentes de hoteles. La cooperación entre los hoteles y otras empresas del sector se produce en la mayoría de los casos, sin embargo, la mayoría de los hoteles no cooperan con otros hoteles en función de la falta de confianza y lealtad entre los hoteleros, debido a la gran competitividad del sector y causada por el individualismo. La gran mayoría de los encuestados no considera que exista apoyo gubernamental al sector, pues la burocracia y el desconocimiento de la actividad hacen ese apoyo muy difícil.

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.

Biografía del autor/a

Rivanda Meira Teixeira

Doutorado em Administração, Cranfield University, Inglaterra (1996). Pós Doutorado em Gestão Turismo na Bournemouth Universi- ty, Inglaterra e Strathclyde University, Escócia (2001). Pós Doutorado em Empreendedorismo em Turismo na HEC Canadá (2007). Professora do Departamento de Administração e do Mestrado em Economia (NUPEC) da Universidade Federal de Sergipe. Campus Universitário-Jardim Rosa Elze, São Cristóvão, Sergipe. 40100-000.

Citas

Altoé, L. B. M. 2010. Mercado de Trabalho Formal em 2009. SEBRAE.

Brasília, 2010. Disponível em: www.biblioteca.sebrae. com.br

Amato Neto, J. 2000 Redes de Cooperação produtiva e clusters regionais: oportunidades para as pequenas e médias empresas. São Paulo: Atlas.

Andrade, J. H. e Escrivão Filho, E. 2003 “Cluster e cooperação entre empresas: uma enquête (survey) com pequenos empreendimentos hoteleiros da região central do Estado de São Paulo”, In: EGEPE-Encontro de Estudos Sobre Empreendedorismo e Gestão de Pequenas Empresas. 3., 2003, Brasília.

Andrighi, Fabiela Fatima e Hoffmann Valmir Emil. 2010 “Redes e Cooperação na Destinação Turística de Urubici/SC”. Turismo em Análise, 21 (1), abril.

Ball, S. 1996 “Wither the Small Independent Take-Away”. IAHMS Conference, Harrogate. Batalha, Mário Otávio; Demori, Flávio. 1990 A pequena e média indústria em Santa Catarina. Florianópolis: Ed. da UFSC.

Candido, G. A. 2001 Fatores críticos de sucesso no processo de formação, desenvolvimento e manutenção de redes interempresariais do tipo de agrupamento industrial entre pequenas e médias empresas: um estudo comparativo de experiências brasileiras. Florianópolis. Tese (Doutorado em Engenharia da produção). Universidade de Santa Catarina.

Cunha, S. K. da; Cunha, J. C. da. 2005 “Competitividade e Sustentabilidade de um Cluster de Turismo: uma Proposta de Modelo Sistêmico de Medida do Impacto do Turismo no Desenvolvimento Local”. Revista de Administração Contemporânea. Curitiba, v. 9.

Curtis, L. .F de; Hoffmann, V. E. 2009 “Características Determinantes de Redes: Um Estudo nos Relacionamentos do setor Hoteleiro das Destinações Turísticas de Gramado e Canela (RS)”. Revista de Negócios, 14 (1): 48 – 62, jan./mar.

Czajkowski, A.; Cunha, S. K. da. 2010 “Organização e coordenação da rede de cooperação em aglomerados de turismo rural”. Revista Turismo Visão e Ação. 12 (1): 92 – 113, jan/abr.

Donaire, D.; Silva, M. P. da; Gaspar, M. A. 2009 “A Rede de Negócios do Turismo: Um Estudo sobre suas Características e Implicações Estratégicas” Revista Turismo Visão e Ação, 11(01):112 – 134, jan/ abr.

Duarte,V. V. A. 1996 Administração de Sistemas Hoteleiros: conceitos básicos. São Paulo: Senac.

EMBRATUR. 2002 Disponível em: <http://www.embratur.gov.br/>.Acesso em: 07 nov. 2002.

Hughes, H. 1992 Economics for the hotel and catering industry. London: Hutchinson.

IPARDES 2008. Cadeia produtiva do turismo no Paraná: estudo sobre as regiões turísticas do estado / Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social. – Curitiba : IPARDES, 2008.

Massukado, M. S.; Teixeira, R. M 2007 “Como Cooperar em Turismo? Configuração em Redes para Empresas Turísticas”. In: IV Seminário da Associação Nacional de Pesquisa e Pós Graduação em Turismo, ANPTUR, 4 2007, 2007, São Paulo.

Morais, J. M. de. 2004 “A força da Pequena Empresa”. Revista Sebrae. nº12, jan/fev/mar, Brasília: SEBRAE.

Morrison, A. 1998 “Small Firm Statistics: A Hotel Sector Focus”. The Service Industries Journal, 18 (1): 132-142. Rattner, H et al. 1985 Pequena Empresa- O Comportamento Empresarial na Acumulação e na Luta pela Sobrevivência, Brasília: Editora Brasiliense/ CNPq.

Santos, S. B. de S 2007 Estratégias Empresariais adotadas pela Hotelaria em clusters turísticos no Estado de São Paulo. Universidade Paulista – UNIP São Paulo.

Saunders, M.; Lewis, P.; Thornill, A. 2000. Research Methods for Business Students. 2. ed.

Harlow, England: Pearson Education, 2000.

SEBRAE. 2009. Anuário do trabalho na micro e pequena empresa: 2009.Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas; Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socieconômicos, Brasília, DF : DIEESE,

Silva. T. F. da. 2004 “Redes de Cooperação de Pequenas Empresas do Setor Turístico”. Pasos. Revista de Turismo y Patrimonio Cultural 2 (2):267-279.

Solomon, S. 1989 A pequena empresa nos Estados Unidos e no mundo. São Paulo: Ed. Nórdica.

Souza, M. C. A. F; Mazzali, L. 2008 “Conceito e Espaço da Pequena Empresa na Estrutura Industrial: heterogeneidade e formas de inserção”. Gest. Prod., São Carlos, v. 15, n. 3, p. 591-603, set.-dez. 2008.

Teixeira, R. M.; Morrison, A. 2004 “Desenvolvimento de Empresários em Empresas de Pequeno Porte do Setor Hoteleiro”. Revista de Administração Contemporânea, 8 (1): 05 – 128.

Thompson, G.F. 2003 Between Hierarchies and Markets: the logics and limits of network forms of organization. Oxford: Oxford University Press.

VALOR Econômic 2010. Relatório Valor Análise Setorial: Hotelaria, 2010.

WORLD TOURISM ORGANISATION (WTO) 2000 Marketing tourism destinations, WTO Business, Council, September.

Publicado

2012-06-15

Cómo citar

Meira Teixeira, R. (2012). Redes de Cooperación en Turismo: Un estudio en las pequeñas empresas hoteleras en Curitiba, Paraná. PASOS Revista De Turismo Y Patrimonio Cultural, 10(3), 407-416. https://doi.org/10.25145/j.pasos.2012.10.045