Imagens do destino Douro em guias turísticos da segunda metade do século XX à atualidade

Palabras clave: discurso, representação, imagem, guia turístico, Douro

Resumen

Fez-se uma análise documental e discursiva dum corpus de guias turísticos publicados em Portugal de meados do século XX aos inícios do século XXI, com o objetivo de averiguar quais as imagens projetadas do Alto Douro Vinhateiro no referido género discursivo. A análise do discurso e da imagem de 22 guias permitiu concluir que a maior parte dos guias turísticos publicados antes da consagração do Alto Douro Vinhateiro a património da humanidade na categoria de paisagem cultural “evolutiva e viva”, em dezembro de 2001, apresenta tão-só uma imagem projetada do destino Douro “tradicional”, apoiada apenas nas referenciações materiais do território vinhateiro, entre outros, nos discursos dos guias. As mudanças político-estratégicas centrais, após a outorga da chancela Unesco ao Alto Douro Vinhateiro, com a criação duma Estrutura de Missão para o Douro (2006) e duma entidade Regional de Turismo do Polo de Desenvolvimento Turístico do Douro, em 2008, tiveram repercussões positivas nas imagens “para venda” e “promocionais” do destino, refletidas no tipo discursivo estudado, por exemplo, nos roteiros. Alguns destes últimos guias surgiram de iniciativas colaborativas das mencionadas duas entidades regionais de desenvolvimento turístico do Douro, sediadas no próprio território, e promotoras duma imagem do destino baseada em representações dos “atributos” tangíveis e intangíveis, conjugando as componentes “cognitiva” e “afetiva” propostas do território vinhateiro.

Citas

S.n. (1953). Álbum de Portugal: repositório gráfico das suas belezas naturais, seus monumentos e grandes obras realizadas para engrandecimento nacional. (S.l.): O Século.

Bakhtin, Mikhaïl (1984). Esthétique de la création verbale. Paris: Gallimard.

Barros, Vera Gouveia (2016). Turismo em Portugal. Lisboa: Fundação Francisco Manuel dos Santos.

Barthes, Roland (1977). Escritores e Escreventes. In Ensaios Críticos (pp. 205-215). Lisboa: Edições 70.

Bernardo, Edgar (coord.) (2018). Para um enfoque territorial do turismo no Douro. Tenerife: PASOS, Revista de Turismo y Patrimonio Cultural. Colección Edita, (n.º 21). Projeto Dourotur.

S.n., (S.d.). Bird’s eye view of Portugal. Lisbon: Books S.N.I.

Cabral, Oliveira (S.d.). Guia turística Ilustrada (Do Minho ao Algarve). Porto: Livraria Avis.

Cadet, Christiane; Charles, René & Galus, Jean-Luc (1990). La communication par l’image. Paris: Éditions Nathan.

Camlong, André (1984). Essai d’analyse sémiotique du sonnet VIII de Cláudio Manuel da Costa. Separata Arquivos do Centro Cultural Português (pp.115-147). Lisboa-Paris: Fundação Calouste Gulbenkian.

S.n. (1950). Cartilha da Terra Portuguesa. Lisboa: Edições S.N.I.

Castanheira, J. Pedro (coord.) (2009). The Best Guide Portugal: Porto, Gaia & Douro. (S.l.): (S.n.). Edição bilingue inglês – português.

Chantal, Suzanne (1944). Portugal terres et gens. Lisboa: Shell Portuguesa. Colaboração S.N.I.

Cordeiro, Maria João (2017). Olhares turísticos: Portugal em guias de viagem alemães. In Literatura, viagens e turismo cultural no Brasil, em França e em Portugal (pp. 350-361). Lisboa: Centro de Estudos Geográficos, Instituto de Geografia e Ordenamento do Território, Universidade de Lisboa.

S.n. (2001). Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa. Lisboa: Academia das Ciências de Lisboa; Editorial Verbo. Volume II.

Dionísio, Sant’Anna (coord.) (1977). Alto Douro Ignoto. 2.ª edição. Porto: Lello & Irmão.

Dionísio, Sant’Anna (coord.) (1995a): Guia de Portugal: Trás-os-Montes e Alto Douro. Tomo I – Vila Real, Chaves e Barroso (3.ª ed.) Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian. Volume V.

Dionísio, Sant’Anna (coord.) (1995b). Guia de Portugal: Trás-os-Montes e Alto Douro. Tomo II – Lamego, Bragança e Miranda (3.ª ed.). Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian. Volume V.

S.n. (2012). Douro: guia turístico do Douro. (S.l.): Turismo do Douro.

Fernandes, Didiana; Vieira, Isabel & Rodrigues, Ana Paula (2016). A imagem turística do Alto Douro Vinhateiro: os guias de viagem da 1.ª metade do século XIX. In Desafios, Estratégias e Tendências em Turismo e Hotelaria (pp. 217-236). Faro: Escola Superior de Educação e Comunicação, Universidade do Algarve.

Fernandes, Didiana (2016). O Douro Vinhateiro nos guias de viagem estrangeiros dos séculos XIX e XX (1845-1974). In Atas das 4.ªs Conferências do Museu de Lamego / CITCEM – 2016: Vindos de Longe. Estrangeiros no Douro (pp. 75-80). Disponível em www.museudelamego.pt.

Fonseca, Joaquim (1994). Pragmática Linguística: introdução, teoria e descrição do Português. Porto: Porto Editora.

Foucault, Michel (1969). Archéologie du savoir. Paris: Gallimard.

S.n. (1990). Guia Turístico de Portugal de A a Z. 1.ª edição. Lisboa: Publicações Dom Quixote.

S.n. (1982). Guia turístico: Marão - Douro e Trás-os-Montes. Portugal: Direção-Geral do Turismo.

Joly, Martine (2009). Introduction à l’analyse de l’image. 2.e édition. Paris: Armand Colin.

S.n. (s.d.). Le Portugal: en un clin d’oeil. Lisbonne: Editions SNI.

Macedo, Diogo de (1944). Terras Portuguesas: Douro – 4. (S.l.): Shell.

Agência LUSA (2007). Chefe de projecto da Estrutura de Missão para a Região Demarcada do Douro inicia funções sexta-feira. Disponível em https://www.rtp.pt/noticias/pais/chefe-de-projecto-da-estrutura-de-missao-para-a-regiao-demarcada-do-douro-inicia-funcoes-sexta-feira_n42560.

Martins, Luís (2011). Os guias de viagem, a cartografia e os fundamentos do turismo. Comunicação, IV Simpósio Luso-Brasileiro de Cartografia Histórica. Porto: Faculdade de Letras da Universidade do Porto.

Mendes, João, et al. (2012). Percursos de evasão: Porto e Norte. Lisboa: DECOPROTESTE, Lda.

Moreira, José (2008). Douro: guia turístico: Douro singular, Douro universal. Porto: Educação Nacional.

Oliveira, Manuel Alves (1990). Guia Turístico de Portugal de A a Z. 1.ª edição. Lisboa: Publicações Dom Quixote.

Pinto, Arnaldo (1961). Guia turística Alfabética de Portugal Continental. Porto: Livraria Avis.

Quinteiro, Sílvia & Baleiro, Rita (2017). Estudos em literatura e turismo: conceitos fundamentais. Lisboa: Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras, Centro de Estudos Comparatistas. PDF.

Ribas, Tomaz (1984). Roteiro Portugal Turístico. Lisboa: Círculo dos Leitores. Apresentação de.

Romão, José; Sousa, Mónica & Gomes, Elisa (2016). Geoturismo e enoturismo em rede: uma mais-valia para o desenvolvimento sustentável da região do Douro. In 40 Anos da Associação Portuguesa de Geólogos. PPS-PDF.

Rosas, Fernando (coord.) (1998). História de Portugal: o Estado Novo. Lisboa: Editorial Estampa.

Salvador, José A. (2010). DOURO: o Rio do Vinho. Porto: Edições Afrontamento.

Santana, Maria Olinda Rodrigues (2009a). Douro: património, vinhos, cultura, paisagem, excelência. Douro: Turismo do Douro, Estrutura de Missão do Douro, Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte.

Santana, Maria Olinda Rodrigues (2009b). Patrimoine, vins, culture, paysage, pôle d’excellence. Douro: Turismo do Douro, Estrutura de Missão do Douro, Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte.

Santana Talavera, Agustín (2015). Imaginando la imagem em turismo: un viaje de ida y vuelta. Revista de Antropología Experimental, (15), 37-53.

Sarmento, J. C. V. (2004). Representação, Imaginação e Espaço Virtual: geografias de paisagens turísticas em West Cork e nos Açores. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian e Fundação para a Ciência e Tecnologia.

Savelli, Luciana, et al. (2002). Porto: Norte de Portugal. Bergamo: Bonechi, Edizioni Il Turismo, S.R.L.

Tapada, Alberto (2012). Douro: Guia turístico da natureza: paisagem, geologia, fauna, flora, turismo. (S.l.): Turismo Douro.

Tapada, Alberto (2013). Aldeias vinhateiras do Douro: Guia turístico. (S.l.): Turismo Douro.

Veloso, Pedro; Fonseca, Susana & Fonseca, Sérgio (2010). Douro: viagens e histórias: uma viagem pelo Douro Português. 1.ª edição. Maia: Objecto Anónimo. (2.ª edição 2014).

S.n. (1941). Visitez Le Portugal. Lisbonne: Éditions S.P.N.

Publicado
2019-12-11
Cómo citar
Santana, O., & Joukes, V. (2019). Imagens do destino Douro em guias turísticos da segunda metade do século XX à atualidade. PASOS Revista De Turismo Y Patrimonio Cultural, 17(6), 1227-1243. https://doi.org/10.25145/j.pasos.2019.17.085