La cultura gaucha como producto turístico: un estudio sobre el municipio de Irati-PR, Brasil

Autores/as

  • Grazielly Carla Mendes
  • Paula Grechinski Demczuk

DOI:

https://doi.org/10.25145/j.pasos.2012.10.070

Palabras clave:

Folklore, Gauchos, Irati-PR, Producto turístico, Turismo

Resumen

Este trabajo analiza el folclore gaucho como complemento a la oferta turística existente en la ciudad de Irati-PR, Brasil. Como metodología se realizó investigación bibliográfica y de campo. Para embasamiento teórico se exploran los temas turismo, segmentación de mercado, turismo cultural, folclore, patrimonio e identidad cultural. El trabajo también discute el origen y la trayectoria del gaucho, informaciones generales sobre la presencia de los gauchos en el estado de Paraná y en el municipio de Irati, y un levantamiento de las manifestaciones folklóricas gauchas presentes en el municipio. Al final de la investigación, se llega a la conclusión de que el folclore gaucho representa un potencial producto turístico, pero que para ello debe haber un mayor desarrollo de la actividad turística en el municipio de manera general.

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.

Biografía del autor/a

Grazielly Carla Mendes

Bacharel em Turismo pela Universidade Estadual do Centro Oeste – UNICENTRO.

Paula Grechinski Demczuk

Mestre em Gestão do Território pela Universidade Estadual de Ponta Grossa – UEPG; Bacharel em Turismo pela Universidade Estadual do Centro Oeste – UNICENTRO. Professora no curso de Turismo da Universidade Estadual do Centro Oeste – UNICENTRO.

Citas

Aguiar, Gilson.2008. “A poesia crioula de Gilson Aguiar”. Disponível em: . Acesso em 18/10/2010.

Almeida, Renato. 1972. “Vivência e projeção do folclore”. Rio de Janeiro: Agir.

Bahl, Miguel. 2004. “Legados étnicos e oferta turística”. Curitiba: Juruá.

Barreiros, António José. 1992. “História da Língua Portuguesa”. São Paulo: Pax.

Barretto, Margarita. 2003. “Manual de iniciação ao estudo do turismo”. 15ª. ed.São Paulo: Papirus.

Barretto, Margarita 2007. “Cultura e turismo: discussões contemporâneas”. São Paulo: Papirus.

Braz, Evaldo Muños. 2002. “Gaúcho antigo: a gênese de uma cultura”. Porto Alegre: Martins. Coordenadoria do Patrimônio Cultural. 2010. “Livro do Tombo”. Disponível em:. Acesso em 08/10/2010.

Cortes, Paixão. 2010. “Danças, trajes e artesanato”. Disponível em: . Acesso em 17/08/2010.

Danças gaúchas. 2010. “Ritmos”. Disponível em: . Acesso em 24/08/2010.

Demczuk, Paula Grechinski. 2011. “Ferrovia e turismo: reflexões sobre o patrimônio cultural ferroviário em Irati (PR). (dissertação de mestrado). Universidade Estadual de Ponta Grossa: 2011.

Dias, Reinaldo; Aguiar, Marina R. 2002. “Fundamentos do turismo: conceitos, normas e definições”. São Paulo: Alinea.

Ferreira, Francieli Galvão; Corso, João Carlos. 2008. “Do Rio Grande do Sul a Irati: Tradicionalismo gaúcho no município de Irati-PR”. Disponível em

. Acesso em 15/08/2010.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. 2010. “Censo 2010”. Disponível em http://www.ibge.gov.br/censo2010/primeiros_dados_divulgados/index.php?uf=41> Acesso em 20/12/2010.

IPHAN. Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. 2010. Disponível em <http://portal.iphan.gov.br/portal/montarPaginaSecao.doid=10852&retorno=paginaIphan>. Acesso em 16/05/2010

Lage, Beatriz Helena Gelas; Milone, Paulo César. 2000. “Turismo: teoria e prática”. São Paulo: Atlas.

Lessa, Barbosa. 2008. “Rio Grande do Sul, prazer em conhecêlo”. Porto Alegre: Artes.

Lessa, Barbosa. 1949. “História do chimarrão”. Porto Alegre: Sulina.

Martins, Clerton. 2003. “Turismo, cultura e identidade”. São Paulo: Roca.

Masina, Renato. 2002. “Introdução ao estudo do turismo: conceitos básicos”. Porto Alegre: Mercado Aberto.MTG-RS. Movimento Tradicionalista Gaúcho do Rio Grande do Sul. 2010. Disponível em: . Acesso em 15/08/2010.

MTG-PR. Movimento Tradicionalista Gaúcho do Paraná. 2010. Disponível em: . Acesso em 14/08/2010.

Nadalin, Sérgio Odilon. 2001. “Paraná: ocupação do território, população e migrações”. Curitiba: SEED. OMT - Organização Mundial do Turismo. 2003. “Manual de qualidade, higiene e inocuidade dos alimentos no setor de turismo: guia de consulta para funcionários e operadores de turismo”. São Paulo: Roca.

Prefeitura Municipal de Irati.2010. Disponível em . Acesso em 16/08/2010.

Reichel, Heloisa Jochims; Gutfriend, Ieda. 1996. “As raíses históricas do Mercosul: a região platina colonial”. São Leopoldo: UNISINOS.

Rios, Dermival Ribeiro. 1999. “Dicionário de Língua Portuguesa”. São Paulo: DCL.

SETU, Secretaria do Estado e do Turismo 2010. Disponível em . Acesso em 14/08/2010.

Terra dos Pinheirais. Região turística paranaense. 2010. Disponível em .Acesso em 16/05/2010.

Vale, Flausino Rodrigues. 1978. “Elementos de folclore musical brasileiro”. 3ª ed.São Paulo: Brasiliana

Publicado

2012-10-15

Cómo citar

Mendes, G. C., & Grechinski Demczuk, P. (2012). La cultura gaucha como producto turístico: un estudio sobre el municipio de Irati-PR, Brasil. PASOS Revista De Turismo Y Patrimonio Cultural, 10(5), 553-562. https://doi.org/10.25145/j.pasos.2012.10.070